• 2 de Setembro, 3383
    Blumenau SC

Como o Sistema TMS pode colaborar para a Gestão de Fretes na Indústria

5 de outubro 2022 | Seja o primeiro a comentar.

Os processos logísticos presentes em empresas do segmento industrial são fundamentais para garantir a continuidade de suas linhas produtivas e o pleno atendimento dos pedidos junto aos clientes. Nesse sentido, a Logística de Transportes desempenha um papel essencial, desde o início do ciclo produtivo até a chegada da mercadoria ao consumidor final.

E quando falamos em Logística de Transportes existem dois pontos principais em que o setor figura como protagonista: o primeiro se refere à perspectiva financeira, isto é, quanto a empresa gasta com transporte. O segundo diz respeito ao nível de serviço, ou seja, ações que envolvem a eficiência operacional e a experiência do cliente em relação a entrega.

O fato é que esses fatores causam impacto direto sobre o negócio, e as indústrias que contratam transportadoras têm a difícil missão de gerenciar o Transporte visando extrair ao máximo o seu potencial competitivo, além de implementar uma gestão apurada da conta frete.

Em um contexto mais amplo, há ao menos três fatores que devem ser considerados para que a indústria possa alcançar melhores resultados em sua Gestão de Transportes, que são:

  1. Estruturação do departamento: embora compreendam a relevância do transporte no ambiente logístico, muitas empresas não dispõem de um departamento estruturado, o que pode causar obstáculos como: falha de comunicação interna, ausência de controle, custos extras, entre outros prejuízos.

À medida em que as atividades da Logística de Transportes são centralizadas em uma única área, torna-se possível estabelecer fluxos de trabalho, definir processos e contar com uma equipe focada no atendimento das demandas do setor.

Por consequência, as ações passam a ser planejadas com base em dados, e a atuação se torna mais estratégica e integrada aos demais elos da cadeia de suprimentos.

Na prática, este é o primeiro passo para sair do modo reativo – conhecido como “apagar incêndios” – para uma gestão proativa e realmente eficaz.

  • Escolha dos parceiros logísticos: a forma com que as indústrias conduzem a contratação de seus transportadores está diretamente ligada aos resultados obtidos na operação.

Um modelo de seleção de transportadoras definido com base somente no menor preço  de frete pode provocar efeitos negativos em outras frentes tão ou mais importantes que a questão financeira. Em outras palavras, uma economia pontual pode custar caro no longo prazo.

A partir do momento em que são estabelecidos critérios no processo de contratação, e esta análise não seja limitada apenas ao valor do frete, mas também em atributos como qualidade da entrega e segurança da carga, a chance de sucesso tende a ser maior.

Com parceiros logísticos qualificados, é possível elevar o padrão do transporte, com alto índice de entregas realizadas no prazo e em perfeitas condições. Desse modo, o número de ocorrências como atrasos e avarias, por exemplo, diminui drasticamente, evitando custos adicionais e insatisfação dos clientes.

É indiscutível que o preço do frete é algo importante e que precisa ser continuamente avaliado. Porém, é necessário buscar o equilíbrio entre todas as variáveis do transporte para definir a melhor estratégia, sempre alinhada aos objetivos do negócio.

  • Uso da tecnologia: os recursos tecnológicos revolucionaram o transporte de cargas e provocaram uma verdadeira “virada de chave” no setor.

Para a indústria, o desafio de atender as expectativas do cliente com relação à agilidade e comodidade na entrega, mantendo uma gestão precisa dos custos e a visão de toda a cadeia logística, só é possível com o apoio da tecnologia.

Depender exclusivamente de controles manuais e planilhas eletrônicas para gerenciar a o setor de Transporte representa um sério risco para a empresa, considerando que este modelo é altamente suscetível a erros, pode conter dados incorretos ou desatualizados, e todas as decisões passam a ser tomadas a partir de tais informações.

Por outro lado, com o uso da tecnologia é possível planejar e monitorar todo o fluxo de transporte e distribuição, atuando de forma preventiva e consistente em eventos que possam prejudicar a operação.

O TMS (Sistema de Gerenciamento de Transporte) é uma ferramenta completa para os mais diversos segmentos, inclusive para indústrias que buscam, por meio da tecnologia, mudar a realidade da sua área de Transporte e ter um posicionamento mais estratégico no mercado.

Sistema TMS e a Gestão de Fretes na Indústria

O TMS embarcador é uma solução voltada para empresas que desejam, de modo geral, reduzir custos de frete e ter maior visibilidade e controle da operação logística.

O software permite que a indústria gerencie todo o fluxo de transporte, desde a saída da matéria prima do fornecedor até a chegada do produto ao cliente final. E tudo isso acontece de maneira automatizada, com o registro dos dados em tempo real, oferecendo subsídios necessários para ações mais rápidas e assertivas.

O TMS possui funcionalidades que abrangem todas as etapas do transporte, inclusive nas fases que o antecedem, como no planejamento e preparação de cargas, em atividades que envolvem: criação de cenários logísticos (simulações de embarque), cotações de frete, seleção da melhor opção de transporte (preço x prazo), e gestão da expedição – geração de etiquetas, romaneios e solicitação de coletas.

Os recursos do sistema voltados à gestão financeira garantem confiabilidade ao pagamento dos fretes, uma vez que a auditoria é realizada tanto nos conhecimentos de transporte (CT-e) como nas faturas, além de ser executada sobre a totalidade das cobranças. Da mesma forma, toda a documentação envolvida (pedidos, notas fiscais, documentos de transporte, etc.) é integrada e armazenada na base.

Independentemente da quantidade de transportadores ativos, o gerenciamento dos contratos (tabelas de frete, regiões de atendimento, prazos de entrega) é feito de modo simples e prático pelos usuários, podendo realizar alterações e novos cadastros sempre que preciso.

O tracking de pedidos no TMS possibilita o acompanhamento de cada estágio da entrega, o que permite ações proativas em situações que exijam algum tipo de intervenção. Um dos pontos positivos desta funcionalidade é a possibilidade de compartilhar com o destinatário, por meio de notificações, o status atualizado do pedido. Além de posicioná-lo sobre a previsão de entrega, essa interação aumenta o grau de confiança e relacionamento com o cliente.

Até aqui, é possível observar que os benefícios do TMS aplicado à indústria estão presentes em inúmeras frentes, entre elas:

Aumento da eficiência operacional: a automatização de processos gera economia de tempo em larga escala. Com isso, a equipe logística passa a ter disponibilidade de atuar em demandas mais estratégicas e que realmente agregam valor para a operação.

Redução da conta frete: o software indica a alternativa de frete mais viável, formaliza o processo de contratação de transporte e implantação de tabelas, além de eliminar cobranças indevidas através da auditoria.

Ampliação do nível de serviço logístico: gerenciar os pedidos em tempo real possibilita maior rapidez na tomada de decisões ligadas à qualidade do serviço de transporte, o que aumenta o índice de efetividade das entregas e contribui para a satisfação dos clientes.

E para medir os resultados da operação, o sistema oferece uma série de relatórios e indicadores de performance. Identificar as oportunidades e os aspectos que precisam ser melhorados é, sem dúvida, fator chave para tornar a Logística de Transportes ainda mais eficiente e relevante para o negócio.

E como o TMS Embarcador DATAFRETE pode ajudar?

As soluções do DATAFRETE permitem centralizar toda a  gestão de fretes em uma única plataforma, podendo integrar a outros sistemas como ERP ou plataforma de e-commerce e ter como resultado, redução nos custos com fretes, ganhos de produtividade da equipe e otimização da operação e dos processos internos.

Quer saber mais das nossas soluções e garantir bons resultados à sua empresa? Converse conosco, aqui!

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x