Indústria

Frete CIF e FOB: quais são as vantagens de cada modalidade

Facebook
LinkedIn
Twitter
WhatsApp

 A gestão de fretes se tornou determinante para o resultado das empresas, não apenas em razão dos valores envolvidos na operação de transporte, que geralmente são altos, mas também pela qualidade no atendimento ao consumidor final. Por isso, é fundamental que os embarcadores estabeleçam critérios na seleção dos parceiros logísticos, considerando fatores como: custos, estrutura, segurança da carga e nível de serviço logístico.

Nesse sentido, contratar transportadoras é uma atividade que requer muita atenção. Contudo, a responsabilidade pela contratação do transporte nem sempre será exclusiva do fornecedor. Há situações em que o comprador da mercadoria é quem negocia e contrata o frete, sendo ele o responsável pelo pagamento e demais questões logísticas junto ao seu transportador. Estas operações são denominadas, respectivamente, frete CIF e frete FOB.

Quer conhecer melhor esses dois tipos de frete? Então continue acompanhando nosso artigo.

Conceitos e características do Frete CIF e Frete FOB

O frete CIF – termo em inglês Cost, Insurance and Freight – traduzido para o português significa Custo, Seguro e Frete. Nesta modalidade, o custo do frete e o seguro das mercadorias ficam por conta do vendedor, ou seja, o fornecedor assume todos os custos e os riscos desde a origem do transporte até a entrega do produto.

Em geral, o frete CIF é mais utilizado em operações B2C (business to consumer), isto é, quando a empresa vende diretamente para o consumidor final, como é o caso do e-commerce(vendas online). Isso porque, neste modelo de negócio, normalmente existe um alto volume de pedidos para diferentes destinatários. Desse modo, como o embarcador possui acordo com uma ou mais transportadoras, o processo de envio se torna mais ágil e cômodo, principalmente para o cliente.

Já no frete FOB – Free on Board, ou Livre a Bordo – é o destinatário da carga quem arca com os custos de frete e seguro, sendo ele o responsável também pelo acompanhamento da entrega, uma vez que a responsabilidade do embarcador se encerra no momento em que o pedido é despachado.

O frete FOB é mais usado no modelo B2B (business to business), ou seja, quando uma empresa vende para outra. Um cliente que é uma indústria, por exemplo, provavelmente tenha parceria com um transportador que possa realizar a coleta no fornecedor, possibilitando negociar o valor do frete e as condições de atendimento mais adequadas, em especial em cenários que possuam cargas de alto valor agregado ou necessidades específicas de movimentação e transporte.

Resumidamente, a principal diferença entre frete CIF e frete FOB está na responsabilidade pelo pagamento do serviço de transporte. Além disso, o tomador do frete também é responsável pelo acompanhamento da entrega e pela auditoria da cobrança.

Quais as vantagens do Frete CIF e do Frete FOB?

Quando vendedor ou comprador optam pelo tipo de frete CIF em sua operação de transporte, algumas vantagens podem ser observadas.

Do ponto de vista do fornecedor/embarcador, alguns dos benefícios do frete CIF são:

  • Oferecer praticidade e comodidade ao cliente no momento da venda, o que reflete em menor índice de desistência de compra (abandono de carrinho no comércio eletrônico);
  • Ampliar seu poder de barganha nas negociações de frete, já que aumenta o volume da carga transportada;
  • Atuar diretamente sobre a qualidade da entrega e nível de serviço dos transportadores, uma vez que possui total controle e rastreabilidade da mercadoria.

Naturalmente, existem alguns aspectos que o fornecedor deve estar atento com relação ao frete CIF. Por exemplo, com a grande quantidade de entregas sob sua responsabilidade, é necessário realizar um trabalho integrado aos parceiros logísticos visando resolver rapidamente eventuais situações como atrasos e avarias no transporte, tendo em vista que eventos como esses podem causar custos adicionais e gerar avaliações negativas, o que prejudica a imagem da empresa.

Já para o comprador, o frete CIF oferece as seguintes vantagens:

  • Não exige estrutura interna (processos, equipe logística, etc.) para contratar e gerenciar o transporte;
  • Evita burocracia e preocupação com a entrega, pois esta é uma responsabilidade do vendedor;
  • O preço do frete tende a ser mais vantajoso quando é contratado por uma empresa que já possui acordo comercial com a transportadora, isto é, se o comprador não tem tabela (contrato) firmado junto ao prestador do serviço de transporte, o valor do frete costuma ser maior e pode, inclusive, inviabilizar a compra.

Assim como ocorre no frete CIF, o frete FOB também tem seus pontos positivos. Acompanhe a seguir algumas vantagens deste tipo de frete para o fornecedor:

  • Não precisa assumir os custos com o transporte;
  • Fica isento de qualquer responsabilidade pela mercadoria assim que esta é expedida;
  • Havendo atraso ou outro imprevisto no decorrer da entrega, o vendedor não se envolve porque o responsável por buscar a solução nestes casos é o destinatário da carga, em conjunto com seu transportador.

Cabe notar que, no frete FOB, embora não exista responsabilidade com o transporte por parte do embarcador, é interessante confirmar a integridade da mercadoria na chegada ao destino. Em outras palavras, procurar saber se a carga não chegou danificada e se tudo ocorreu conforme previsto. Além de demonstrar atenção ao cliente, isso reforça seu compromisso com ele e pode representar novos negócios.

Para o comprador/cliente, o frete FOB pode trazer os seguintes benefícios:

  • Liberdade para contratar o serviço de transporte e total autonomia para alinhar com o parceiro logístico todas as particularidades do atendimento;
  • Possibilidade de encontrar alternativas de frete mais vantajosas, ou seja, reduzir custos ao negociar diretamente com suas transportadoras;
  • Maior controle sobre a entrega, o que permite o monitoramento e a intervenção junto ao transportador, caso necessário.

Um fator que deve ser considerado pelo comprador no frete FOB se refere à necessidade de ter uma área interna estruturada para gerenciar todas as etapas do transporte, desde o processo de negociação e contratação do frete, até a entrega da mercadoria.

Frete CIF ou Frete FOB: qual a melhor estratégia para a empresa?

As modalidades de frete CIF e frete FOB têm características próprias e podem se adequar melhor em contextos distintos. Portanto, em geral, não existe regra que defina qual a melhor estratégia.

Na prática, a decisão pelo frete CIF ou frete FOB pode variar, por exemplo, conforme o modelo de negócio, o tipo de produto e operação da companhia, ou de acordo com as necessidades do cliente. O importante é que os detalhes referentes ao transporte sejam acordados previamente entre fornecedor e comprador para que não ocorra nenhum contratempo em relação a entrega.

Entretanto, vale observar que, para a empresa embarcadora (seja ela indústria ou e-commerce), o frete CIF pode ser utilizado como diferencial competitivo.

Como citamos anteriormente, os benefícios do frete CIF para o vendedor também refletem em vantagens para quem compra. A principal delas está na facilidade ao realizar a compra, sem ter de se preocupar com o frete.

Além disso, a partir de um volume maior de cargas, com o frete CIF o fornecedor pode ampliar sua capacidade de negociação com as transportadoras, o que resulta em otimização dos custos de frete. Do mesmo modo, sendo responsável pelo transporte, é capaz de acompanhar os envios e proporcionar um melhor índice de eficiência de entrega.

E os ganhos podem ser ainda maiores quando o embarcador dispõe de tecnologia para gerenciar sua logística de transporte – o sistema TMS. A ferramenta oferece apoio na seleção das tabelas mais viáveis em termos de preço e prazo de entrega, cotações de fretes específicos para atender determinada demanda, auditoria das cobranças dos serviços de transporte, acompanhamento da entrega em tempo real e notificação do status do pedido ao consumidor final.

Toda essa gestão do transporte garante maior nível de serviço, assim como a comunicação ativa e transparente com o cliente gera fidelização e segurança para que ele realize novas compras.

E então, compreendeu as diferenças entre frete CIF e FOB, e as vantagens de cada modalidade?

Outros conteúdos

Posts relacionados

plugins premium WordPress